Araraquara: Conheça a ‘Oficina das Meninas’, recebedora de honra ao mérito

Fundadora, Adélia Bellodi Privato (centro) com as alunas do Centro Educacional e Assistencial Oficina das Meninas

Com 15 anos de história, a Oficina das Meninas é uma Organização não governamental (Ong) e sem fins lucrativos que realiza atividades direcionadas a meninas e adolescentes de 6 a 17 anos, priorizando famílias de baixa renda que têm mulheres como chefes de família. Anna Paula Nunes, presidente da Oficina, revelou o interesse de ampliar o projeto, que já existe há 15 anos, para até 100 meninas. Para isso, no entanto, necessita de ajuda, já que depende de doações e parcerias.

Buscando uma solução para a Ong, os vereadores Rafael de Angeli (PSDB) e Roger Mendes (PP) levaram o prefeito Edinho Silva (PT) à sede da instituição na tarde de sexta-feira (09).

Anna explicou que a entidade conta com 11 funcionários, sendo sete educadores, uma cozinheira, uma faxineira, uma secretária e uma coordenadora, e três voluntários. “Para conseguirmos atender mais 30 meninas, precisaríamos de pelo menos mais dois ou três educadores. Além disso, temos dificuldades com a folha de pagamento; muitas vezes, as verbas que recebemos não são válidas para esse fim”, destacou. “Recebemos muitas meninas encaminhadas pelos Cras (Centro de Referência de Assistência Social) e Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social)”, completou.

A instituição atua em diversas áreas, como educação para valores, orientação e prevenção em saúde, cultura digital, linguagem, artes cênicas, dança, esporte e espaço lúdico. Porém, a Ong quer oferecer mais, e a conversa já rendeu frutos. O prefeito entrou em contato com a presidente da Fundação de Arte e Cultura de Araraquara (Fundart), Gabriela Palombo, e garantiu a realização de oficinas culturais da Prefeitura na entidade.

Para Angeli, que se mostrou mais uma vez à disposição da entidade, “essa parceria ajudará muito na ampliação do excelente trabalho oferecido pela Oficina das Meninas e tem tudo para ser um sucesso”. Mendes completou: “essa é, sem dúvida, uma grande conquista para a instituição e esperamos que tudo seja resolvido o mais breve possível para que a Ong ofereça um serviço cada vez melhor”.

História

A entidade foi fundada em 2002 por Adélia Bellodi Privato, nas antigas instalações do escritório e da oficina de propriedade de sua família. Após a reestruturação do espaço e a definição do projeto pedagógico, as atividades tiveram início em janeiro de 2004, com dez meninas. Mantém-se o espírito do projeto inicial: a crença em que toda criança é um feixe de possibilidades e que é possível atuar ativamente na construção de uma vida digna por meio da promoção dos direitos humanos.

Prêmio

A Câmara Municipal de Araraquara reconheceu oficialmente a importância do trabalho realizado pelo Centro Cultural e Assistencial Oficina das Meninas com a outorga do Diploma de Honra ao Mérito entregue à entidade.

As alunas Anna Elise e Michelly Eduarda foram premiadas com a aprovação na pré seleção do Ballet Bolshoi que aconteceu na escola municipal de dança, no ano passado, graças ao patrocínio da Uniara (Universidade de Araraquara). Essas aprovações são resultado do trabalho intenso e maravilhoso do professor de dança contemporânea Rafael Otoni.

Atividades

A entidade realiza oficinas em períodos do contraturno escolar, de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h. Quem quiser conhecer melhor o trabalho da Oficina, pode entrar em contato pelo telefone (16) 3322-6232, pelo e-mail oficinadasmeninas@techs.com.br, pelo site www.oficinadasmeninas.org.br e também pelo Facebook “OficinaDasMeninas”.
A Ong está localizada na Avenida Padre Manoel da Nóbrega, nº 540, Parque Alvorada.

Fonte: camara-arq.sp.gov.br/fundoasc.com.br/araraquara.sp.gov.br/facebook.com/OficinaDasMeninas

Posted in Blog and tagged , , , , .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *